Vamos Conversar

"In a customer-centric world, marketers are Growth Leaders"

Pillar pages e topic clusters: entenda a nova estratégia de conteúdo da HubSpot


Estratégia-de-conteúdo-Pillar-Pages-Inbound-Marketing-HubSpot

Pare e pense: de que forma você normalmente oferece informações aos seus leads, prospects e clientes?

Através de conteúdo!

Mas como garantir que este conteúdo chegará de maneira assertiva ao seu público? Através de uma excelente estratégia de SEO.

Vamos entender um pouco melhor.

O que é exatamente uma estratégia de conteúdo?

O Google processa diariamente mais de 5,4 bilhões de pesquisas. São inúmeras pessoas procurando soluções para seus problemas. O papel de um SEO bem feito neste caso é conectar as pessoas com o conteúdo mais relevante e valioso com base nestas pesquisas.

Mas com mais de 2.000.000 de artigos de blog postados por dia, encontrar seu conteúdo é como achar uma agulha em um palheiro.

Com esta nova demanda exponencial, motores de busca como o Google estão sendo forçados a atualizar seu sistema para organizar melhor os conteúdos que eles consideram úteis para apresentar a seus usuários. 

Vejamos quais destas atualizações foram mais relevantes até hoje:

novo SEO blog.png


A primeira atualização notável foi a do algoritmo intitulado
"Hummingbird", em 2013. Esta atualização mudou a forma das estratégias de otimização; o foco passou a ser o conteúdo de qualidade e a construção de uma autoridade no assunto, e não mais apenas a “engenharia” do SEO.

Outra grande atualização aconteceu em 2015, com o algoritmo RankBrain.

RankBrain é o sistema de inteligência artificial e machine learning do Google que interpreta as buscas dos usuários para encontrar páginas que podem não ter as palavras exatas que procuraram. O Google é capaz de fazer isso analisando o histórico de pesquisa passado com temas semelhantes e juntando palavras-chave e frases para fornecer uma melhor página de resultados para o pesquisador.

Em 2017 pudemos conferir ainda a atualização Fred. Neste update, os maiores sites penalizados foram aqueles que não se preocuparam com um conteúdo relevante, não possuíram periodicidade ou ainda, copiaram conteúdo de outros sites.

Por que empresas com estratégia Inbound saem na frente em SEO? 

Porque na metodologia Inbound, um bom mapeamento de conteúdo é baseado em personas, nos pontos de dor e o planejamento é todo baseado na busca de soluções para os leads, prospects e clientes, independentemente da jornada de compra em que ele estiver.

É importante lembrar que conteúdo não é apenas um texto. Existe uma estratégia para cada novo artigo que vai para o ar no blog dos clientes. Há um grande estudo por trás.

 

2-2.png À medida que os motores de busca evoluem, devemos nos adaptar se quisermos ser encontrados on-line. E eles evoluem o tempo todo.

 

Partindo do princípio que agora uma máquina é capaz de aprender, ela passará então a ser muito mais precisa sobre os termos pesquisados durante uma pesquisa. E isso muda totalmente tudo o que já aprendemos sobre o uso de keywords para realizar SEO.


A nova otimização analisará a partir de agora se o conteúdo:

  • Possui qualidade e relevância
  • Promove uma experiência positiva ao usuário
  • É totalmente assertivo quanto às dúvidas dos usuários

Toda essa mudança traz a oportunidade para os criadores de conteúdo serem encontrados - e encontrados pelo público ideal. Esta será a peça-chave para um conteúdo online bem sucedido.

  • Os motores de busca não são os que preenchem os formulários em seu site.
  • Os motores de busca não são os que compartilham seu conteúdo em mídias sociais.
  • Os motores de busca não são seus clientes.  Os humanos são.

 

HubSpot inovando com a metodologia Inbound e a nova estratégia de SEO

Sendo o Inbound uma metodologia muito dinâmica que acompanha as novidades do mercado digital e especialmente de motores de busca como o Google, no último evento HubSpot em Boston foi anunciada uma nova ferramenta de conteúdo, chamada “Content Strategy” onde foi apresentado o conceito de Pillar Page.


Mas o que é uma Pillar Page?

As pillar pages chegam como uma página que apresenta um conteúdo amplo e profundo sobre um tópico central - normalmente de 2 a 3 palavras - que poderá (e deverá) ser explicado de modo muito minucioso por meio dos topic clusters - ou seja, a segmentação de um conteúdo relevante que levará à pillar page.


Vamos exemplificar para a compreensão ficar mais fácil?

Vamos imaginar que a criação de uma pillar page para o tópico central: “qualificação de leads”, sendo este o tópico relevante para tentar classificar nos motores de busca.

Dentro deste tópico central, deveremos pensar em diferentes subtópicos relevantes capazes de “andar sozinhos” (como na postagem de um blog ou vídeo, por exemplo), mas que se vinculados a outros subtópicos que levem ao tópico central - qualificação de vendas - se tornará mais forte.

Exemplos de subtópicos:

  • O que é um lead qualificado
  • Dimensões de qualificação
  • Quando desqualificar  
  • Por que desqualificar

Visualmente, o cluster completo ficaria assim:

topic clusterspillar page.png

Ponto-chave: ao vincular todos os subtópicos ao tópico central por meio de hiperlinks, você consegue canalizar todo seu tráfego para o assunto principal a ganhar força nos mecanismos de busca.

Informações importantes sobre o conteúdo das “Pillar Pages”

Nem todos os subtópicos relevantes que você tenha serão referenciados na pillar page (e está tudo bem).

Em vez disso, você pode estabelecer uma ligação estratégica com os melhores subtópicos relevantes pensando no seu persona, em como alguém que é seu possível comprador consumirá as informações.

Certifique-se apenas de que todas as páginas de subtópicos importantes se conectem à pillar page.


Lembre-se de manter em mente dois objetivos principais:

  1. O conteúdo que você deseja que seja transmitido - e encontrado pelo seu persona
  2. Como será a experiência do usuário diante deste conteúdo


Como Google e HubSpot estão interligados?

O HubSpot, sempre na vanguarda da inovação, desenvolveu uma ferramenta específica para criação de topic clusters, atendendo às solicitações do Google de forma integrada. Uma grande vantagem competitiva!

Este novo modelo de oferecer conteúdo precisa mais que trabalhar para os sistemas de busca, mas sim, para os sistemas de Machine Learning como o RainkBrain (Google), Watson (IBM), Siri (Apple).


São estes os novos tempos. Está preparado?

Clique Aqui para se inscrever em nosso blog sobre crescimento de negócios

Lillian Ambrosio

Com alma pulsante por palavras, linguagens e contextos, encontrei na metodologia inbound uma excelente forma de absorver informações e comunicá-las de maneira fluida e eficaz ao leitor. Ter acesso a esta incrível ferramenta trouxe o início da realização de um sonho: trabalhar escrevendo e exercendo uma de minhas grandes paixões.